quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

"Hair tech": AMD promete cabelos mais realistas em jogos


 (Fonte da imagem: Reprodução/AMD Blog)
Cabelos. O assunto da vez são cabelos. Em jogos eles geralmente são horríveis. Quando se mexem, parece que foram hidratados com litros de fixador capilar e escovados a pentes de formol. Mas a AMD, a gigante dos processadores, promete revolucionar esse look. Agora, os cabelos vão entrar na era "hair tech".
Para que cada fio deslize de modo natural, como se estivesse realmente interagindo com os cenários e movimentos do personagem, uma miríade de cálculos precisa ser feita. A solução geralmente usada pelos desenvolvedores de jogos é colocar, em vez de cabelo, capacetes nas cabeças dos bonecos digitais. Fazê-los carecas também é uma das saídas por vezes usada.
Mas a AMD, uma das maiores fabricantes de processadores e circuitos integrados do mundo, tem trabalhado duro na criação do TressFX Hair, um sistema gráfico que diz estar em “uma nova fronteira de realismo”. Em parceria com a desenvolvedora Crystal Dynamics, a empresa que pretende revolucionar a aparência e comportamento dos cabelos em jogos escolheu uma “cobaia“ bastante conhecida do mundo dos games.
Lara Croft, de Tomb Raider, vai ser agraciada com uma carapaça capilar totalmente nova. Fios mais definidos e orgânicos, movimentos mais realistas, interação entre iluminação, personagem e cenários são alguns dos resultados gerados pelas imagens pré-renderizadas por meio do processamento das arquiteturas Graphics Core Next (GCN) – possível graças à linguagem de programação DirectCompute (que simula a resposta dos elementos físicos em tempo real).
 (Fonte da imagem: Reprodução/AMD Blog)
O TressFX Hair faz uso também do Order Independent Transparency (OIT), método que se vale das estruturas de dados Per-Pixel Linked-List (PPLL) – responsáveis por gerenciar os processos de renderização e de uso de memória. Esse sistema físico digital interpreta cada fibra de cabelo como uma cadeia enlaçada de links, permitindo que forças como a gravidade, movimentação de cabeça e vento interajam de forma realista entre si.


0 comentários:

Postar um comentário