sexta-feira, 1 de março de 2013

Activision já pensa em novos modelos de negócio para a próxima geração


Img_normal
Com a chegada da nova geração, algumas questões ainda preocupam jogadores — e o preço é a principal delas. Se o fato de a Sony não ter comentado o valor pelo qual o PS4 chegará às lojas já é motivo de alerta, a declaração da Electronic Arts de que seus títulos podem ser vendidos a US$ 70 (R$ 140) deixou muita gente assustada. No entanto, ela não é a única a prever algo assim.
A Activision, outra gigante do mercado e dona de algumas das principais franquias da atualidade, afirmou que os custos referentes aos próximos consoles ainda são incertos, seja no valor de venda de seus títulos ou no processo de desenvolvimento — o que pode criar novas necessidades e formatos, trazendo algumas mudanças significativas para os próximos anos.
Tanto que a empresa já começou a analisar possíveis soluções para uma eventual crise ou transformação do mercado, procurando maneiras de se proteger de algum problema futuro. Exemplo disso é o desenvolvimento de novos modelos de negócio que possam compensar um possível aumento no custo de produção de um game — algo que a EA prometeu fazer com microtransações.
Para isso, a Activision afirma que a empresa precisa se adaptar aos novos formatos e entender a evolução de mercado, investindo em outros tipos de produtos e vendendo experiências variadas. É o caso de títulos free-to-play e a expansão da distribuição digital, que já se mostrou uma medida eficiente de ampliar os lucros.

0 comentários:

Postar um comentário